terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Sugestões de leitura

Autor: Isabel Allende
Título: A soma dos dias
Editora: Difel
Pag.: 358
ISBN: 978-972-29-0877-1

Sinopse: Nas páginas deste livro, Isabel Allende narra com franqueza a história recente da sua vida e a da sua peculiar família na Califórnia, numa casa aberta, cheia de gente e de personagens literários, e protegida por um espírito: filhas perdidas, netos e livros que nascem, êxitos e sofrimento, uma viagem ao mundo dos vícios e outras a lugares remotos do mundo em busca de inspiração, juntamente com divórcios, encontros, amores, separações, crises matrimoniais e reconciliações.
Também é uma história de amor entre um homem e uma mulher maduros, que ultrapassaram juntos muitos obstáculos sem perderem a paixão nem o humor, e de uma família moderna, desgarrada por conflitos e unida, apesar de tudo, pelo carinho e a decisão de continuar em frente. Esta é a família que descobrimos em Paula e que descende dos personagens de A Casa dos Espíritos.


Autor: Fernando de Pádua
Título: O livro do coração
Editora: Saúde& bem-estar
Pag.: 319

Sinopse: " É o primeiro livro do mais reconhecido cardiologista português. Descubra tudo sobre o seu coração e como ser o seu melhor amigo. As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte nos países desenvolvidos. Em "O Livro do Coração", Fernando de Pádua ajuda o leitor a conhecer-se melhor e a tratar da saúde, prevenindo os principais problemas." 


Autor: Isabel Freire
Título: Amor e sexo no tempo de Salazar
Editora: Esfera dos Livros
Pag.: 308

Sinopse: No meu tempo a noiva era uma coisa séria. Iam emocionadas. (…) Os pais choravam, e a noiva chorava também! (…) Não se sabia se iam para bem, se iam para mal. (…) Elas tinham de aguentar tudo porque o casamento era para a vida. Esperança, 90 anos

A mulher deveria ser perfeita. Uma dona de casa exemplar, sempre atenta ao marido e aos filhos, esmerada nas artes da cozinha e do bordado, com comportamento aprumado e decente. Nos anos 50, e sobre o olhar atento, conservador e católico de António de Oliveira Salazar, timoneiro de um Estado Novo repressor, o amor e o sexo eram temas tabus, a que se devia dar pouca importância. Prevalecia a moral e os bons costumes. Um mundo recheado de valores puritanos, de vexame, opressão, tirania e recalcamento, para todos os gostos e para ambos os sexos, mas sobretudo para o feminino. Durante esta década, os direitos das mulheres portuguesas foram abafados, circunscritos, diminuídos. Forçadas à submissão de género, à dependência económica e afectiva, bem como ao apagamento sexual. Isabel Freire conta-nos como se namorava nos anos 50, do flirt ao beijo na boca, explica-nos que a «mão na mão» dava direito a uma multa no valor de 2$50, já a «mão naquilo» valia 15$ de coima, fala-nos da vida boémia dos bordéis de Lisboa, do carácter vicioso do sexo «bucal», das contraceptivas lavagens vaginais, dos partos em casa e dos abortos clandestinos, das expectativas e ansiedade dos noivos na noite de núpcias, das famílias felizes e da peste que era o divórcio. Como viveram na intimidade os homens e as mulheres que são hoje pais, avós e bisavós de gerações com princípios tão distintos? Brincava-se muito com esta máxima: «Mão na mão. Mão na coisa. Coisa na mão. Coisa na coisa é que não.» Estávamos nos anos 50 e o grande interdito era realmente o corpo.

Autor: Dugald Steer
Título: Uma pequena árvore de Natal
Editora: Porto Editora
Pag.: [s.p.]
ISBN: 972-0-70556-6

Sinopse: Através desta amorosa história em alto-relevo, vais descobrir como os brinquedos de todo o mundo levaram a magia e o espírito de Natal até ao Pólo Norte, dando uma bela lição de carinho.


sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Manhãs animadas - Saúde Oral

No decorrer do mês de novembro a Biblioteca Municipal em colaboração com professores e educadores, promoveu algumas atividades direcionadas para a saúde oral como forma de sensibilizar para “Bons hábitos de Saúde Oral”.
Em complemento aos contos e atividades realizadas, crianças do Pré-escolar e do 1º ciclo, visionaram o filme “A lenda do reino dos dentes”, que alerta para o cuidado a ter com os dentes desde tenra idade. A importância da visita ao dentista e da escovagem dos dentes.

Dr. Dentolas e a Dr. Escovadela, personagens do filme, aconselham as crianças a manter uma boa higiene oral, e ter uma alimentação cuidada e saudável. Evitar os doces, rebuçados, alimentos açucarados, principalmente entre as refeições. Alertam para a importância de lavar os dentes pelo menos duas vezes por dia, de manhã após o pequeno-almoço e à noite, antes de dormir. Esta é uma das lavagens mais importantes, porque durante a noite há menor produção de saliva, levando a uma menor proteção dos dentes.

As atividades realizadas na biblioteca, antes e depois do visionamento do filme, seguem com os professores e educadores na sala de aula e terão continuidade em dezembro.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Livro da Semana - O homem de Constantinopla

Autor: José Rodrigues dos Santos
Título: O homem de Constantinopla
Editora: Gradiva
Pag.: 501
ISBN: 978-989-616-549-9


Sinopse: O Império Otomano desmorona-se e a minoria arménia é perseguida. Apanhada na voragem dos acontecimentos, a família Sarkisian refugia-se em Constantinopla. Apesar da tragédia que o rodeia, o pequeno Kaloust deixa-se encantar pela grande capital imperial e é ao atravessar o Bósforo que pela primeira vez formula a pergunta que havia de o perseguir a vida inteira:
"O que é a beleza?"

Cruzou-se com a mesma interrogação no rosto níveo da tímida Nunuphar, nos traços coloridos e vigorosos das telas de Rembrandt e na arquitectura complexa do traiçoeiro mundo dos negócios, arrastando-o para uma busca que fez dele o maior coleccionador de arte do seu tempo. Mas Kaloust foi mais longe do que isso.
Tornou-se o homem mais rico do planeta.
Inspirado em factos reais, O Homem de Constantinopla reproduz a extraordinária vida do misterioso arménio que mudou o mundo - e consagra definitivamente José Rodrigues dos Santos como autor maior das letras portuguesas e um dos grandes escritores contemporâneos.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Concurso Literário - O conto


No intuito de fomentar o gosto pela escrita, pela leitura e mais concretamente por este tipo de expressão literária, pretende a Biblioteca Municipal de Santa Marta de Penaguião, levar a efeito junto da comunidade escolar do concelho, o segundo concurso literário em prosa sob a forma de conto.
Este concurso que decorrerá até dia 17 de janeiro de 2014, tem como principal objetivo, criar ou consolidar hábitos de leitura e de escrita, de forma a promover a escrita criativa, valorizando esta forma de expressão literária.

REGULAMENTO DO CONCURSO LITERÁRIO “O CONTO”

Artigo 1.º
(Objeto)

No intuito de criar e consolidar hábitos de leitura, de escrita e valorizar esta expressão literária, é instituído o IIº Concurso literário “O conto”.

Artigo 2.º
(Condições de admissão)

Podem concorrer todos os estudantes matriculados nos organismos sediados
no concelho de Santa Marta de Penaguião.

Artigo 3.º
(Tema)

O tema deste concurso é “ O Natal na minha aldeia”

Artigo 4.º
(Natureza dos trabalhos)

O género literário elegível para o efeito deste concurso é a prosa em língua portuguesa.
  
Artigo 5.º
(Participação)

Os participantes serão avaliados por um júri, este comprometendo-se a selecionar e classificar os três melhores contos por si escolhidos, em função do 1º, 2º e 3º ciclos, classificando-os de melhor conto, segundo melhor conto e terceiro melhor conto, tendo por base a escrita, conteúdo e organização de ideias.

Artigo 6.º
(Prémio)

1 – O prémio deste concurso será um vale de compras em livros, sendo para o melhor conto 3 livros, para o segundo melhor conto 2 livros e para o terceiro melhor conto 1 livro.

2 – Serão divulgados os três melhores contos de cada ciclo.

3 - A apresentação pública será em data a anunciar e serão divulgados os contos dos alunos vencedores.

Artigo 7.º
(Admissibilidade dos trabalhos)

São admitidos a concurso apenas trabalhos inéditos e não publicados, escritos
em português, e enviados para a Biblioteca Municipal de Santa Marta de Penaguião ou entregues diretamente pelos seus autores no mesmo local, com o limite de um conto por autor.

Artigo 8.º
(Critérios de admissão)

Os trabalhos referentes a este concurso terão de ser apresentados em um máximo de 20 linhas em folha A4 para os alunos do 1º ciclo, o máximo de 2 folhas A4 para alunos do 2º ciclo, e o máximo de 3 folhas A4 para alunos do 3º ciclo. Os trabalhos podem ser manuscritos ou em letra Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5.
O Título do conto é obrigatório.

Artigo 9.º
(Confidencialidade dos concorrentes)

1 – Os concorrentes apresentam-se a concurso com pseudónimo com que assinarão o conto.
2 – Os concorrentes enviam mediante envelope fechado o conto e ciclo de ensino com pseudónimo e outro envelope dentro com o nome e telefone, só sendo aberto pelo júri após escolha dos três melhores contos.
3 – Para quaisquer informações, os concorrentes devem contactar o telefone 254810130 extensão 261.
4 – Apenas será publicado a identificação dos vencedores após consentimento dos mesmos.

Artigo 10.º
(Prazos)

O concurso terá como data limite de entrega de trabalhos o dia 17 de janeiro de 2014 até às 16 horas.

Artigo 11.º
(Direitos de autor)

Ao participarem neste concurso, enviando os contos, os autores assumirão a
cedência de autorização de publicação dos mesmos, em publicações posteriores eventualmente desenvolvidas pelo projeto.

Artigo 12.º
(Constituição do Júri)

1 – O júri do Concurso de conto é composto por professores e/ou outros convidados.
2 – O número de membros do júri não pode ser inferior a três.
3 – Das decisões do júri não haverá quaisquer reclamações.


Artigo 13.º
(Obtenção do regulamento)

Os participantes podem obter o presente regulamento, devendo solicitá-lo pessoalmente na Biblioteca Municipal de Santa Marta de Penaguião ou em http://bmsmp.blogspot.pt/

Artigo 14º
(Casos omissos)

Os casos omissos serão supridos e decididos pelo júri deste concurso.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Segundo Concurso - Quadras de S. Martinho

Com o objetivo de promover o gosto pela escrita e desenvolver a criatividade dos alunos, a Biblioteca Municipal, lançou o segundo concurso "Quadras de S. Martinho", destinado aos alunos do concelho do 1º, 2º e 3º ciclos.
Concorreram ao concurso 46 trabalhos: 26 do 1º ciclo, 2 do 2º ciclo e 18 do 3º ciclo. Os prémios dos três trabalhos vencedores de cada ciclo, conforme regulamento do concurso,  foram entregues na Feira de S. Martinho, realizada no dia 11 de Novembro na Escola E B 2, 3 de Santa Marta de Penaguião, com a presença da Senhora Vice-. Presidente do Município, o Senhor Vereador do Município, o Senhor Diretor do Agrupamento de Escolas, o responsável pela Biblioteca Municipal, elementos do júri do concurso, pais e toda a comunidade escolar, que nesse dia participaram na Feira se S. Martinho realizada pelo Agrupamento de Escolas.
Os melhores trabalhos pertenceram a: Rita Rebelo Marques da escola do 1º ciclo do Assento, Gisela Maria da Conceição Gouveia, do 2º ciclo e a Cecília Pereira de Sá do 3º ciclo.
A todos os que se interessaram e participaram no concurso, a Biblioteca Municipal, espera  que continuem a aderir com entusiasmo a este tipo de iniciativas literárias, que de ano para ano, vai tendo maior participação

As Quadras vencedoras:
1º Ciclo
Querido S. Martinho,
Dá-nos um dia de solzinho
Para comermos castanhas
E furarmos o pipinho.

S. Martinho cortou a capa
Para a poder partilhar
Também nos deu um lindo dia
Com o sol a brilhar!

No dia de S. Martinho
Põem-se castanhas a assar.
Para se comerem quentinhas
Num jornal têm que se embrulhar.

2º Ciclo
Vi o sol a nascer no céu
Era dia de S. Martinho
Saltei para fora da cama
Para fazer um magustinho.

Castanhas quentinhas
Ao lume e a estalar
Nós vamos assá-las
Até nos fartar.

Eu mais os meus amigos
Vamos a uma castanhada
O castanheiro está no souto
No meio de uma tapada


3º Ciclo
Num dia muito chuvoso
Nem o sol se avistava
Era muito que chovia
Era bastante o que pingava

Estava um corajoso soldado
Em cima de um cavalo
Encontrou um mendigo
E tentou levantá-lo

Pegou na sua capa
E na espada também
Cortou-a a meio
E partilhou-a muito bem

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Prémio José Saramago 2013

O escritor angolano Ondjaki, de 36 anos, com o romance “Os transparentes”, é o vencedor do Prémio José Saramago 2013, no valor de 25.000 euros, foi hoje anunciado em Lisboa, na Casa dos Bicos. É também hoje que publica o seu novo livro,  “Uma escuridão bonita”.

É no dia que vence o Prémio Saramago pelo romance "Os transparentes", que Ondjaki lança "Uma escuridão bonita", com ilustrações de António Jorge Gonçalves e editado pela "Caminho". 
O Prémio José Saramago é o segundo galardão que Ondjaki recebe este ano, depois do Prémio Fundação Nacional do Livro Infantil, pela obra de ficção juvenil “A bicicleta que tinha bigodes”, que lhe tinha já valido o Prémio Bissaya Barreto, no ano passado.
Ondjaki, pseudónimo literário de Ndalu de Almeida, é um termo da língua umbundu que significa “guerreiro”. O autor estreou-se literariamente em 2000 com o livro de poesia “actu sanguíneu”, que lhe valeu uma menção honrosa do Prémio António Jacinto, nesse mesmo ano.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Projeto SOBE

A Direção-Geral da Saúde, o Plano Nacional de Leitura e a Rede de Escolares estabeleceram um protocolo de colaboração no âmbito da prevenção e da saúde oral em Portugal, formalizado pelo projeto SOBE – Saúde Oral, Bibliotecas Escolares, ligando a saúde oral, a literacia e as bibliotecas escolares.
Este é um projeto que a Biblioteca Municipal não quer ficar alheia e que em conjunto com a Biblioteca escolar e com a comunidade escolar, irá desenvolver ações em parceria para a sua concretização.

Neste contexto, a Biblioteca Municipal levará a efeito já partir do mês de Novembro iniciativas nesse sentido.
Mais informações em: http://www.sobe.pt/

Livro da semana - Divergente

Autor: Veronica Roth
Título: Divergente
Editora: Porto Editora
Pag.: 350
ISBN:978-972-0-04381-8


Sinopse:
Na Chicago distópica de Beatrice Prior, a sociedade está dividida em cinco fações, cada uma delas destinada a cultivar uma virtude específica: Cândidos (a sinceridade), Abnegados (o altruísmo), Intrépidos (a coragem), Cordiais (a amizade) e Eruditos (a inteligência). Numa cerimónia anual, todos os jovens de 16 anos devem decidir a fação a que irão pertencer para o resto das suas vidas. Para Beatrice, a escolha é entre ficar com a sua família... e ser quem realmente é. A sua decisão irá surpreender todos, inclusive a própria jovem.
Durante o competitivo processo de iniciação que se segue, Beatrice decide mudar o nome para Tris e procura descobrir quem são os seus verdadeiros amigos, ao mesmo tempo que se enamora por um rapaz misterioso, que umas vezes a fascina e outras a enfurece. No entanto, Tris também tem um segredo, que nunca contou a ninguém porque poderia colocar a sua vida em perigo. Quando descobre um conflito que ameaça devastar a aparentemente perfeita sociedade em que vive, percebe que o seu segredo pode ser a chave para salvar aqueles que ama... ou acabar por destruí-la.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Livro da Semana - A verdadeira história de Diana contada por ela própria

Autor: Andrew Morton
Título: A verdadeira história de Diana contada por ela própria
Editora: Estampa
Pag.: 304
ISBN:972-33-1962-4

Sinopse:
"A Verdadeira História de Diana Contada por Ela Própria" baseia-se nas entrevistas de Diana gravadas por Andrew Morton, assim como em entrevistas e confissões feitas pela sua família e os seus amigos próximos. Dado o desenlace abrupto e trágico da vida de Diana, este livro permanece como o seu único testemunho e como a obra mais próxima possível da sua autobiografia. Esta edição contém a transcrição das entrevistas de Diana, revelando o seu ponto de vista sobre a vida e os seus pensamentos sobre o príncipe Carlos e a família real, os seus filhos e as suas esperanças de uma felicidade futura."

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Livro da Semana - O Clube Bilderberg

Autor: Daniel Estulin
Título: O clube Bilderberg
Editora: Biblioteca das Ideias
Pag.: 366
ISBN:

Sinopse: O livro A Verdadeira História do Clube Bilderberg traz o resultado de uma profunda investigação de mais de uma década, feita pelo jornalista russo e especialista em comunicação Daniel Estulin. O livro trata das atividades, supostamente secretas de um grupo seleto, chamado Clube Bilderberg, composto por poderosos representantes de grandes corporações mundiais – como bancos, grandes indústrias e veículos dos meio de comunicação em massa-- e também políticos. Segundo o autor, os membros do Clube se reúnem anualmente, na expectativa de decidir e planejar eventos que ao ocorrerem, acabam por afetar o futuro econômico, político e social do Planeta. Isso se dá ao fato desses poderosos membros estarem em plenas condições de determinar e colocar em prática qualquer tipo de mudança mundial, sejam elas quando ou onde eles decidirem ser mais plausível às suas próprias causas, o que chega a movimentar milhões de dólares.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Mês Internacional da Biblioteca Escolar 2013

Segundo os princípios estabelecidos pela International Association of School Librarianship (IASL), o "Mês Internacional da Biblioteca Escolar" permite aos responsáveis pelas bibliotecas escolares, em todo o mundo, escolher um dia, em outubro, que melhor se adeque à sua situação de forma a celebrar a importância das bibliotecas escolares. Ler mais:http://www.rbe.min-edu.pt/np4/363.html

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Livro da Semana

Autor: Fernanda Serrano
Título: Também há finais felizes
Editora: Oficina do Livro
Pag.: 244
ISBN: 978-989-741-040-6

Sinopse:
No dia do nascimento da sua segunda criança, por mero acaso, Fernanda Serrano tocou no peito e sentiu um caroço. O obstetra garantiu que não era nada. Mas era um cancro, como mais tarde se concluiu – e muito agressivo. Quando soube da notícia, o sorriso mais bonito de Portugal desvaneceu-se. Mas nem o medo da morte o fizeram desaparecer. Depois de muita luta, a actriz conseguiu ultrapassar a doença, voltar à normalidade e preparar o regresso aos palcos e à televisão. Sentia-se a renascer. Só que, três meses depois, tudo desabou outra vez. A única coisa que os médicos lhe tinham proibido aconteceu: na sequência de um conjunto de circunstâncias insólitas, Fernanda engravidou e voltou, assim, a ficar numa situação dramática. A gravidez podia custar-lhe a vida e teria de ser interrompida, disseram-lhe os oncologistas – era ela ou a filha. O sofrimento da actriz tornou-se, então, dilacerante. Mas a filha veio ao mundo, forte e saudável, e Fernanda sobreviveu, mais lutadora do que nunca – e ainda mais grata por estar viva. Contada pela primeira vez, esta é a história da fase mais tenebrosa na vida da actriz portuguesa. Uma história de dor e angústia, coragem e resiliência – com um final feliz

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

II Concurso de Quadras de S. Martinho

No intuito de fomentar o gosto pela escrita, pela leitura e mais concretamente pela poesia, vai a Biblioteca Municipal, levar a efeito junto da comunidade escolar do concelho, o “II Concurso de Quadras de S. Martinho” alusivas ao dia de S. Martinho. Este concurso que decorrerá até dia 6 de Novembro tem como principal objetivo, criar ou consolidar hábitos de leitura e de escrita, de forma a promover a escrita criativa e valorizar esta forma de expressão literária.



REGULAMENTO DO II CONCURSO DE QUADRAS DE S. MARTINHO


No intuito de fomentar o gosto pela escrita, pela leitura e mais concretamente pela poesia, pretende a Biblioteca Municipal de Santa Marta de Penaguião levar a efeito o “II Concurso de Quadras de S. Martinho”, alusivas ao dia de S. Martinho.
Este concurso terá a sua segunda edição no ano de 2013, sendo o seu regulamento o seguinte:

Regulamento do II Concurso de Quadras de S. Martinho

Artigo 1.º
(Objeto)

No intuito de criar e consolidar hábitos de leitura, de escrita e de promoção da
Poesia, valorizando esta expressão literária, é instituído o “II Concurso de Quadras de S. Martinho”.

Artigo 2.º
(Condições de admissão)

Podem concorrer todos os estudantes matriculados nos organismos sediados
no concelho de Santa Marta de Penaguião.

Artigo 3.º
(Tema)

O tema deste concurso é “O dia de S. Martinho”.


Artigo 4.º
(Natureza dos trabalhos)

O género literário elegível para o efeito deste concurso é a poesia em língua portuguesa.
Artigo 5.º
(Participação)

Os participantes serão avaliados por um júri, este comprometendo-se a selecionar e classificar três trabalhos por si escolhidos, classificando-os de melhor, segundo melhor e terceiro melhor.

Artigo 6.º
(Prémio)

1 – O prémio deste concurso será em livros, sendo para o 1º - 3 livros, para 2º - 2 livros e para o 3º - 1 livro, atribuídos em função do 1º, 2º e 3º ciclos.

2 – Serão divulgados os três melhores trabalhos de cada ciclo.

3 – No dia 12 de Novembro será a apresentação pública dos melhores trabalhos na Feira de S. Martinho a realizar na escola E B 2, 3 de Santa Marta de Penaguião e a divulgação dos alunos vencedores.

Artigo 7.º
(Admissibilidade dos trabalhos)

São admitidos a concurso apenas trabalhos inéditos e não publicados, escritos
em  português, e enviados para a Biblioteca Municipal de Santa Marta de Penaguião ou entregues diretamente pelos seus autores no mesmo local.

Artigo 8.º
(Critérios de admissão)

Os trabalhos de quadras referentes a este concurso terão de ser apresentados em três quadras por trabalho.
Cada autor pode apresentar dois trabalhos.
Artigo 9.º
(Confidencialidade dos concorrentes)

1 – Os concorrentes apresentam-se a concurso com pseudónimo que assinarão as quadras que serão divulgadas.
2 – Os concorrentes enviam mediante envelope fechado, o pseudónimo, nome
e morada completas, n.º telefone e telemóvel, aquando do envio das quadras, só sendo aberto pelo júri após escolha das três melhores quadras.
3 – Para quaisquer informações, os concorrentes devem contactar o nº telefone 254810130 extensão 261.
4 – Apenas será publicado a identificação dos vencedores após consentimento dos mesmos.

Artigo 10.º
(Prazos)

O concurso terá como data limite de entrega de trabalhos o dia 6 de Novembro de 2013 até às 16 horas.

Artigo 11.º
(Direitos de autor)

Ao participarem neste concurso, enviando as quadras, os autores assumirão a
cedência de autorização de publicação dos mesmos, em publicações posteriores eventualmente desenvolvidas pelo projeto.

Artigo 12.º
(Constituição do Júri)

1 – O júri do “ II Concurso de Quadras de S. Martinho” é composto por um número não inferior a três.
2 – Das decisões do júri não haverá quaisquer reclamações.
Artigo 13.º
(Obtenção do regulamento)

Os participantes podem obter o presente regulamento, devendo solicitá-lo pessoalmente na Biblioteca Municipal de Santa Marta de Penaguião ou em http://bmsmp.blogspot.pt/

Artigo 14.º
(Casos omissos)

Os casos omissos serão supridos e decididos pelo júri deste concurso.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Novidades na Biblioteca

AMBROGETTI, Francesca ; RUBIN, Sergio – Papa Francisco: conversas com Jorge Bergoglio; Paulinas, 2013
WINEGARDNER, MArk– O Padrinho : o Regresso; Dom Quixote, 2005
SINGER, Christiane – O Lado Positivo das Crises; Ésquilo, 2010
PARAFITA, Alexandre; GABRIEL, Miguel – Contos ao Vento com Demónios Dentro; Plátano, 2009
RODRÍGUEZ GONZÁLEZ, Afonso; LÓPEZ ROMÁN, Vítor; CASTRO, Marisa – Plantas Medicinais do Norte de Portugal e Galiza; MEL, 2009
CASTRO, Marisa; LÓPEZ ROMÁN, Vítor – Cogumelos do Norte de Portugal e Galiza; MEL, 2009
MISRAHI, Alicia – Tudo o Que Não Deve Fazes, Se Procura o Amor; Impala, 2007
TAPSCOTT, Don; WILLIAMS, Anthony D. – Wikinomis : A Nova Economia das Multidões Inteligentes; Quidnovi, 2008