quinta-feira, 26 de novembro de 2015

2º Concurso de Presépios 2015


Regulamento de Participação


Artigo 1º | Entidade promotora
1. O Concurso de Presépios é uma iniciativa da Biblioteca Municipal de Santa Marta de Penaguião e tem como objetivos:
» Proporcionar uma maior vivência da mensagem natalícia;
» Sensibilizar a comunidade para a época e para a tradição cultural da construção do presépio;
» Promover a manifestação artística e a criatividade interinstitucional e individual;
» Criar condições para a fruição científica e artística e para o estímulo do espírito crítico-reflexivo nos cidadãos.

Artigo 2º | Condições de participação e requisitos dos presépios
1. O concurso está aberto a todas as pessoas que concorram a nível individual, em grupo ou institucional;
2. O concurso contempla as seguintes categorias:
Categoria A (INFANTIL) – Individual ou em grupo com idades compreendidas entre os 3 e os 10 anos, e Instituições Particulares de Solidariedade Social com valência pré-escolar e Escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico;
Categoria B (JUVENIL) – Individual ou grupo com idades compreendidas entre os 10 e 16 anos e escolas do 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico;
Categoria C (ADULTOS/SÉNIOR) – Individual ou grupo, Associações e Coletividades, Instituições Particulares de Solidariedade Social com valência de idosos, Centros de Dia e Centros de Convívio.
3. Em cada categoria, cada concorrente só poderá concorrer com um trabalho, excetuando-se as instituições que tiverem mais do que uma valência. Estas podem concorrer com um trabalho por cada valência.
4. Os presépios apresentados a concurso não deverão exceder as dimensões de 50 cm x 50 cm x 50 cm.
5. Os presépios podem ser concebidos em qualquer material, sendo obrigatório a apresentação das três figuras principais - Menino Jesus, S. José e Maria - e uma frase alusiva à quadra natalícia.
6. Cada presépio tem de ser identificado por um pseudónimo usado pela pessoa/entidade concorrente.
7. Para efeito de concurso e exposição, o nome do concorrente deverá ser entregue num envelope fechado, indicando no EXTERIOR o pseudónimo, e no INTERIOR a identificação real do respetivo.
8. O envelope só será aberto após a admissão e respetiva votação dos presépios a concurso.

Artigo 3º | Receção dos presépios
1. A data limite para a receção dos presépios é o dia 18 do mês de dezembro;
2. Os trabalhos têm de ser entregues na Biblioteca Municipal de Santa Marta de Penaguião no seu horário de funcionamento - segunda a sexta-feira das 09h às 18h  .
3. Por cada trabalho será entregue um comprovativo da entrega da peça e condições físicas da mesma aquando da sua receção. Esse comprovativo terá de ser apresentado obrigatoriamente aquando do seu levantamento.

Artigo 4º | Votação dos presépios
1. Os trabalhos estarão expostos de 22 de dezembro a 8 de janeiro de 2016 em local a designar, e serão apreciados por um júri não inferior a 7 pessoas;
2. Os resultados finais não são passíveis de recurso.

Artigo 5º | Prémios
1. O valor dos prémios é:
Categoria A – 1.º lugar: Surpresa
Categoria B – 1.º lugar: Surpresa
Categoria C – 1.º lugar: Surpresa
2. Todos/as os/as participantes têm direito a um diploma de participação.
3. A entrega dos prémios e diplomas de participação será feita em hora e local a designar pela entidade organizadora.
Artigo 6º | Devolução dos presépios
1. Os presépios vencedores farão parte do espólio da Biblioteca Municipal de Santa Marta de Penaguião e não serão devolvidos. Todos os outros presépios deverão ser levantados na Biblioteca Municipal de Santa Marta de Penaguião até ao final do mês de janeiro.
2. Caso os presépios não sejam levantados no prazo estabelecido, e se não for solicitada outra data, a Biblioteca Municipal de Santa Marta de Penaguião, reserva-se o direito de dar aos presépios o destino que entender mais conveniente.

Artigo 7º | Disposições finais
1. A entrega dos trabalhos a concurso implica a integral aceitação das normas aqui expostas,reservando-se a Biblioteca Municipal de Santa Marta de Penaguião o direito de não aceitar trabalhos que não estiverem de acordo com os objetivos e normas apresentadas.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Sugestões de Leitura

Autor: Manuel Forjaz, José Alberto Carvalho

Título: 28 minutos e 7 segundos de vida

Editora: Oficina do Livro

Páginas: 247

ISBN: 978-989-741-207-3

Sinopse: Em Janeiro de 2014, dois homens tiveram uma ideia: um programa de televisão. Nascia o 28 Minutos e 7 Segundos de Vida. Uma conversa entre Manuel Forjaz e José Alberto Carvalho sobre a vida. A nossa. A dos outros. A do nosso país. Ao longo de nove semanas ouvimos falar de assuntos tão diversos como economia, religião, prazer, morte. Não foram os temas escolhidos que convenceram quem assistiu aos programas, mas a sim a forma inquietante como os dois homens discutiam as temáticas e a mensagem que sempre conseguiam transmitir: obrigar-nos e ensinar-nos a pensar.
De uma ideia de dois amigos criou-se um espaço de discussão, e por isso logo luminoso, na televisão nacional e na memória de quem acompanhou estes dois homens da comunicação. 28 Minutos e 7 Segundos de Vida é um livro que faz perdurar a memória de Manuel Forjaz, cumpre um desejo e deixa-nos uma mensagem a que devemos, muitas vezes, voltar.


                                

Título: A lucidez do amor
Autor: Tânia Ganho
Editora: Porto Editora
Páginas: 316
ISBN: 978-972-0-04297-2

Sinopse: Esta é a história de Michael e Paula, cujas vidas se vão desenrolando em paralelo, numa pequena aldeia de França e numa base internacional no meio do deserto tajique, separados por quatro meridianos e cinco mil quilómetros de distância.
Uns meses depois do 11 de setembro, Michael Adam, piloto da Força Aérea francesa, é enviado para o Afeganistão no âmbito da luta contra o terrorismo. Passados quatro anos, parte novamente em missão, mas desta vez com plena consciência da natureza letal do seu trabalho. É com o inquietante pressentimento de que poderá não regressar a casa que se despede da mulher, Paula, e do filho recém-nascido. Atirada para um mundo sem homens, Paula é obrigada a tornar-se mãe solteira e a criar laços de amizade com o heterogéneo grupo de mulheres que a rodeia e que vive ao ritmo do toque do telefone - até ao dia em que as linhas ficam mudas…
Baseado em quatro personagens profundamente humanas e complexas - o piloto estranhamente supersticioso com licença para matar, a sua mulher artista e impressionável, a sogra africana, sábia e marcada para toda a vida, e o sogro amargo que carrega um pesado segredo dos seus tempos de guerra na Guiné-Bissau -, A Lucidez do Amor é um romance inquietante e cheio de suspense, que questiona o significado do amor, explorando as diferenças que nos separam uns dos outros, mas que podem também unir-nos irrevogavelmente.



Autor: Steve Sjogren
Título: Lições do Céu
Editora: Lua de Papel
Páginas: 164
ISBN: 978-989-23-2835-5

Sinopse: Dez coisas que Deus ensinou quando morri.
"Se me tivessem perguntado quem era Deus a 9 de dezembro, no ano do meu acidente, eu não teria sido capaz de lhes dar uma resposta coerente. Mas apenas um dia mais tarde, tudo isso mudou."
Uma cirurgia que devia ser simples tornou-se bastante complicada. Steve Sjogren morreu na mesa de operação. Ele chegou a um mundo celestial, onde sentiu uma paz imensa. Mas então ele teve de voltar para trás, para a Terra, para uma realidade física cheio de dor e incapacidade e uma fila interminável de testes.
O drama de morrer de repente foi pouco em comparação com o trauma de viver. Sjogren não poderia ter enfrentado esta nova existência sem a ajuda de Deus. No Céu ele aprendeu o que há de mais precioso. Dez lições que agora vem partilhar connosco.


Autor: Kate Jacobs
Título: Amor & guloseimas

Editora: Porto Editora

Páginas: 351

ISBN: 978-972-0-04507-2

Sinopse: “Prestes a completar cinquenta anos, Augusta "Gus" Simpson, a popular apresentadora de Cozinhar com Gusto!, dá consigo a planear um aniversário que preferiria ignorar - o seu. Está a ficar cansada de ser a anfitriã perfeita, a mãe-galinha, a mulher que é sempre o porto de abrigo para todos os que a rodeiam. Para piorar as coisas, a sua carreira corre perigo - o canal de televisão quer aumentar as audiências do programa e para isso vai buscar a bela e ambiciosa Carmen Vega, ex-Miss Espanha, que depressa se transformará na nova menina bonita da culinária.
Mas Gus não vai desistir sem dar luta - e a temperatura vai subir, no estúdio e fora dele. Porque ela percebe que poderá não só rejuvenescer a sua carreira como melhorar a sua vida familiar - e talvez mesmo a sua vida amorosa.
Um romance (doce como uma guloseima) em que se misturam os sabores da infância com os desafios de começar de novo aos cinquenta.”

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Dia Mundial do Ambiente

Para assinalar o Dia Mundial do Ambiente, a Biblioteca Municipal de Santa Marta de Penaguião, em colaboração com o Serviço Municipal de Proteção Civil, promoveu durante a manhã, duas ações de sensibilização para alunos do 1º, 2º e 3º ciclos, tendo em conta a problemática dos incêndios florestais e a sua contribuição para os grandes prejuízos, tanto para o meio ambiente como para o próprio homem e suas atividades económicas.   

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Visitar, Conhecer, Aprender


À procura do livro
Atividade de promoção do livro e da leitura, consiste na pesquisa no catálogo bibliográfico da biblioteca de um autor, um título, um assunto e a sua procura na estante colocada em livre acesso ao utilizador.
Esta atividade pretende que o utilizador conheça todos os espaços da biblioteca e a   sinta como um espaço seu, onde pode aceder ao livro e à informação de uma forma autónoma.  

Nós e os Riscos

Com a finalidade de conhecer a ação da Proteção Civil, saber distinguir riscos naturais dos tecnológicos e identificar alguns dos riscos existentes em Portugal e no concelho, promove-se para alunos do 1º Ciclo uma ação de sensibilização denominada “Nós e os Riscos” tendo por base que a Proteção Civil é uma tarefa de todos.

Dia Mundial da Criança


"Declaração dos Direitos da Criança"
Organização das Nações Unidas - 1959

1º Toda criança será beneficiada por estes direitos, sem nenhuma discriminação de raça, cor, sexo, língua, religião, país de origem, classe social ou situação económica. Toda e qualquer criança do mundo deve ter os seus direitos respeitados!
2º Todas as crianças têm direito a protecção especial e a todas as facilidades e oportunidades para se desenvolver plenamente, com liberdade e dignidade. As leis deverão ter em conta os melhores interesses da criança.
3º Desde o dia em que nasce, toda a criança tem direito a um nome e a uma nacionalidade, ou seja, ser cidadão de um país.
4º As crianças têm direito a crescer e criar-se com saúde. Para isso, as futuras mães também têm direito a cuidados especiais, para que os seus filhos possam nascer saudáveis. Todas as crianças têm também direito a alimentação, habitação, recreação e assistência médica.
5º Crianças com deficiência física ou mental devem receber educação e cuidados especiais exigidos pela sua condição particular. Porque elas merecem respeito como qualquer criança.
6º Toda a criança deve crescer num ambiente de amor, segurança e compreensão. As crianças devem ser criadas sob o cuidado dos pais, e as mais pequenas jamais deverão separar-se da mãe, a menos que seja necessário (para bem da criança). O governo e a sociedade têm a obrigação de fornecer cuidados especiais para as crianças que não têm família nem dinheiro para viver decentemente.
7º Toda a criança tem direito a receber educação primária gratuita, e também de qualidade, para que possa ter oportunidades iguais para desenvolver as suas habilidades. E como brincar também é uma boa maneira de aprender, as crianças também têm todo o direito de brincar e de se divertir!
8º Seja numa emergência ou acidente, ou em qualquer outro caso, a criança deverá ser a primeira a receber protecção e socorro dos adultos.
9º Nenhuma criança deverá sofrer por negligência (maus cuidados ou falta deles) dos responsáveis ou do governo, nem por crueldade e exploração. Não será nunca objecto de tráfico (tirada dos pais e vendida e comprada por outras pessoas). Nenhuma criança deverá trabalhar antes da idade mínima, nem deverá ser obrigada a fazer actividades que prejudiquem sua saúde, educação e desenvolvimento.

10º A criança deverá ser protegida contra qualquer tipo de preconceito, seja de raça, religião ou posição social. Toda a criança deverá crescer num ambiente de compreensão, tolerância e amizade, de paz e de fraternidade universal.

Sugestões de leitura - Junho

Autor: Nora Roberts
Título: Sem medo do destino
Editora: Chá das cinco
Páginas: 305

ISBN: 978-989-710-136-6

Sinopse: Nos indolentes dias de verão, uma intensa vaga de calor é a maior notícia na cidade de Washington - mas a meteorologia é ignorada quando uma jovem é encontrada estrangulada. 
Mais duas vítimas se seguem e subitamente todos os grandes jornais falam no assassino a quem chamam "O Padre". Quando a polícia requisita o auxílio da psiquiatra Tess Court, ela apresenta o retrato-perfil perturbador de uma alma perversa para definir o criminoso. 
Mas o Detetive Ben Paris não quer saber da psique do assassino - o que ele não consegue ignorar é Tess. Confiante e atraente, Ben tem uma lendária reputação como mulherengo, mas Tess não reage a Ben como as outras mulheres, tornando o desafio de a conquistar muito mais aliciante. 
Enquanto Ben e Tess se associam como parceiros nesta perigosa missão, a chama da paixão acende-se… No entanto, alguém mais tem o olhar enfeitiçado pela bela psiquiatra loura, e talvez ninguém consiga impedir a próxima tragédia.

Autor: Jean Sasson
Título: Vítimas da tradição : uma súplica da princesa Sultana
Editora: Asa
Páginas: 366

ISBN: 978-989-23-3039-6

Sinopse: No bestseller A Vida Secreta das Princesas Árabes, a princesa Sultana abriu o coração e revelou ao mundo o seu brutal e humilhante quotidiano. As suas palavras emocionaram milhões de pessoas em todo o mundo.
Alguns anos passaram mas a repressão e a violência continuam a ditar o destino das mulheres da Arábia Saudita. Sob o véu da lei e da tradição são cometidas as maiores atrocidades, e os seus autores raramente castigados.
Ainda que pertença a uma das famílias mais ricas e poderosas do país, Sultana é mais uma vítima deste flagelo. Mas para além das dificuldades que enfrenta enquanto filha, irmã e esposa, o seu coração sofre também por todas as mulheres que a rodeiam. São relatos sofridos aqueles que Sultana, a sua filha mais velha e Jean Sasson nos contam. São dramas humanos, e Sultana, na sua eterna demanda por justiça, não quer deixá-los cair no esquecimento do mundo. Estas são as suas histórias.
 
Com coragem e fé inabaláveis, Sultana continua a batalhar pela dignidade feminina num país que teima em manter-se à margem dos mais básicos princípios dos Direitos Humanos. Um relato que apela à nossa compaixão. Um livro, mais do que nunca, urgente.

Autor: Kitty Ferguson
Título: Stephen Hawking : Aventuras de uma vida
Editora: D. Quixote
Páginas: 476

ISBN: 978-972-20-4887-3

Sinopse: O livro mostra-nos um homem corajoso e indomável, um brilhante cientista muitas vezes contra a corrente, cuja história de vida deve ser uma revelação para todos os que possam pensar que a doença ou a incapacidade física diminui uma pessoa.
Escrito com o apoio e a ajuda de Stephen Hawking, o livro é uma viagem desde a infância em Oxford, em Inglaterra. Já estava na Universidade, em Cambridge quando lhe diagnosticaram de Esclerose Lateral Amiotrófica e lhe deram 2 anos de vida, e o retrato dos anos seguintes não é uma história de sobrevivência; antes de uma batalha pelo conhecimento do universo.
O livro foi publicado em 2012, para assinalar os 70º aniversário de Stephen Hawking. Em 2015, a história deste brilhante cientista chegou ao grande écran com o filme A Teoria de Tudo.
Livro com infografias e fotos.

Autor: Louise L. Hay, Ahlea Khadro, Heather Dane
Título: Ame-se e cure o seu corpo
Editora: Pergaminho
Páginas: 437
ISBN: 978-989-687-260-1

Sinopse: Ame-se e Cure a Sua Vida é mais do que um livro – trata-se de um companheiro para a sua busca diária do maior tesouro que alguma vez encontrará: a sua própria riqueza interior. Baseando-se nas técnicas e na filosofia de Pode Curar a Sua Vida, contém análises simples mas profundas dos aspectos mais relevantes das nossas vidas. Cada capítulo contém diversos exercícios práticos e conjuntos de afirmações destinados a fortalecer a auto-estima. As práticas recomendadas por Louise Hay ao longo destas páginas, enriquecidas com belíssimas ilustrações, permitem a cada um de nós conhecer-se melhor e fazer novas escolhas e, por isso, criar uma vida ideal.

Autor: Álvaro Magalhães
Título: O Estranhão 
Editora: Porto Editora
Páginas: 189

ISBN: 978-972-0-72782-4


Sinopse: Fred, o Estranhão, é um rapaz de 11 anos, com um Q.I. acima da média, que conta a sua estranha vida (a família, a escola, os amigos, os amores), com palavras e desenhos, enquanto reflete sobre tudo o que o rodeia.
O seu grande desafio é viver uma vida normal, sem sobressaltos, e chega a fingir que é estúpido para não ser incomodado pelos que fingem ser inteligentes. Mas isso não é tarefa fácil para um Estranhão. Pois não?


Autor: Jeanne-Marie Leprince de Beaumont
Título: A bela e o mostro 
Editora: Porto Editora
Páginas: 28

ISBN: 972-0-71664-9

Sinopse: "A Bela e o Monstro" é a mais bela história de amor jamais contada que nos mostra que a verdadeira beleza se encontra no nosso interior.
"Quem feio ama, bonito lhe parece". Poderia este provérbio traduzir o essencial de A Bela e o Monstro? O Leitor o dirá. 
Na certeza, porém, de ir encontrar muito mais do que lições de vida neste "conto clássico": uma história de medos, amores e maravilhosas transformações, a cuja fantasia é difícil ficar indiferente.
Trata-se, talvez, do mais célebre dos contos de fadas. Por isso, merece ser dado a ler na mais poética e conhecida das suas versões, e no respeito pela qualidade do texto original de Jeanne-Marie Leprince de Beaumont, uma voz pioneira da chamada literatura para crianças.

terça-feira, 21 de abril de 2015

Em abril, livros mil... "Livros andantes"



Na semana dedicada ao livro com o propósito de promoção do livro e da leitura, o Pelouro da Cultura e a Biblioteca Municipal, levam a efeito a atividade "Em abril, livros mil... livros andantes". Os livros andantes iniciaram a sua caminhada pelo concelho no Pré-escolar e EB 1 da Cumieira. 

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Em abril, livros mil... Livros Andantes


É com este título que o Município de Santa Marta de Penaguião pretende comemorar e assinalar o Dia Mundial do Livro.
A efeméride propriamente dita decorrerá no dia 23 de abril, sendo que já a partir do dia 20 haverá uma série de atividades diárias por forma a incentivar cada vez mais a população à leitura e ao gosto pelos livros.
Assim, de 20 a 22 de abril, o auditório municipal de Santa Marta de Penaguião receberá - para além das bancas de consulta e venda de livros - Lamegart e Osnofa - pelas 21h30, um concerto pela “Orquestra os Medroenses”, uma apresentação pela Escola de Dança Débora Rebelo e a repetição do musical Godspell com encenação de Sara Fernandes e música de Ângelo Sequeira. Cada dia, um momento.
Por outro lado durante esses três dias, circularão por todas as prés e escolas do 1º ciclo, malas com livros andantes. Os alunos poderão abordar a leitura com os seus respetivos professores em contexto de sala de aula.
A noite de 23 de abril será dedicada à apresentação do livro infantojuvenil da Lenda da Santa Marta, “Santa Marta e Guillon” da autoria de Alberto Ferreira e ilustrações de Carmo Paulino. Este último será oferecido pelo município a todos os alunos do pré, 1º, 2º,3 º ciclos das escolas, mediante a apresentação de um vale que os mesmos irão receber nas suas salas de aula durante o decorrer das visitas dos livros andantes. Esta é considerada pelo executivo municipal, uma forma de dar a conhecer desde cedo, a todos os penaguienses, a lenda que deu origem ao nome da terra onde residem e estudam.

Sem dúvida uma semana da leitura que não quererá perder.

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Sugestões de leitura



Autor: Eduardo M. Raposo

Título: Cantores de Abril

Editora: Edições Colibri
Páginas: 247
ISBN: 978-972-772-174-0
Sinopse: Contra a censura, contra a Pide, contra a repressão, contra a guerra, não tínhamos outras armas: tínhamos a poesia, a canção, a guitarra. E foram elas que, de certo modo, na madrugada do 25 de Abril, floriram também nas armas libertadoras.  A Poesia e a Música foram a chama que alimentou a esperança na liberdade, despertou consciências contra a guerra colonial e minou a ditadura Salazarista. O livro “Cantores de Abril” de Eduardo M. Raposo, presta homenagem aos Poetas e Cantores que fizeram os Cravos florir em Abril, mas também a todos os homens e mulheres que participaram voluntariosamente neste movimento que tanto contribuiu para a Revolução de 1974 – dirigentes estudantis, jornalistas, críticos, editores de rádio e de televisão. A sua ousadia foi paga muitas vezes com a prisão e quantas com a tortura, mas nada os demoveu e mantiveram a chama acesa até às “portas que Abril abriu”. Este movimento cultural deu um novo rumo à nossa história recente e em tempos de crise de valores éticos e de injustiças sociais que nos fazem lembrar tempos de antigamente, apetece voltar às canções do Zeca Afonso e do Adriano Correia de Oliveira. [Fernando Mão de Ferro]

Autor: Carlos Rebelo, Vitor Tavares
Título: A Revolução do 25 de Abril : Explicada aos jovens
Editora: Plátano Editora
Páginas: 338
ISBN: 978-972-770-729-4
Sinopse: Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para apoio a projetos relacionados com a História de Portugal nos 3º, 4º, 5º e 6º anos de escolaridade.

Antes de 25 Abril de 1974: O Estado repressivo;
- Salazar e o Estado Novo
- As instituições repressivas
- O tardio desenvolvimento económico
- A oposição democrática
- A guerra colonial
- O marcelismo
Depois de 25 de Abril de 1974: O Estado democrático
- O golpe militar de Abril (I) - Os antecedentes
- O golpe militar de Abril (II) - Os preparativos para a Revolução
- O golpe militar de Abril (III) - O 25 de Abril de 1974 - A Revolução dos Cravos
- A liberdade política - Da revolução à normalização democrática
- A Constituição de 1976 e as novas instituições democráticas
- A descolonização
- Os problemas do desenvolvimento económico e a integração europeia
- Os novos valores e a cultura na sociedade democrática
- O 25 de Abril na Arte.
Autor: Alicia Giménez Bartlett
Título: Mortos de papel : Um caso de Petra delicado
Editora: Pergaminho
Páginas: 252
ISBN: 972-711-417-2

Sinopse: Um jornalista da imprensa «cor-de-rosa», especializado em divulgar notícias escandalosas, é assassinado na sua própria casa. A inspetora Petra Delicado e o sub- inspector Fermín Garzón encarregam-se do caso. A lista de suspeitos estende-se a todas as personagens do jet-set que alguma vez foram prejudicadas pela publicação dos seus instintos devaneios. Este ambiente não agrada muito aos dois polícias. O caso complica-se com o assassinato de uma jovem hospedeira de congressos, que parece estar relacionado com o do jornalista. Tudo se transforma numa teia complexa de mentiras e relações da qual ninguém sairá ileso no final.

Autor: Álvaro Cunqueiro
Título: O ano do cometa
Editora: Guerra e Paz
Páginas: 206
ISBN: 978-989-8174-95-6

 Sinopse: No ano em que chega a Lucerna a notícia da aproximação de um cometa, Paulos, membro do Colégio de Astrólogos, expõe e interpreta perante os cônsules os três sinais da grave influência da passagem do mesmo nos trabalhos e nos dias da cidade: a chegada dos visitantes vespertinos, que viajam sem sombra, o regresso momentâneo dos rios às suas nascentes, no tempo que dura um relâmpago, e por último, a aparição de um unicórnio. Paulos pretende conjurar estes prodígios e repelir a ameaça dos exércitos de Asad II com a ajuda de david, Artur e Júlio César, três reis antigos a quem procura e expõe o propósito da sua missão.


Autor: Mário João Alves
Título: Amílcar consertador de búzios calados
Editora: Trinta por uma linha
Páginas: [28]
ISBN: 978-989-8213-53-2

Sinopse: Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o 3º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma.

Em "Amílcar, consertador de búzio calados" o autor, Mário João Alves, ajuda-nos a entender o que é o acaso, a saudade, a paciência, o estar zangado, o consertar, o desabafar e, ainda, esta "coisa de acreditar". Entre as personagens destaca-se o pequeno Amílcar, "a única pessoa no mundo capaz de consertar tudo". Ana Justo ilustrou e deu um colorido divertido a este conto vencedor do Concurso Lusófono da Trofa - Conto Infantil - Prémio Matilde Rosa Araújo.

Autor: Fátima Pombo
Título: A menina azul quer voar
Editora: Trinta por uma linha
Páginas: [28]
ISBN: 978-989-95696-6-9




Sinopse: A 'Menina Azul' é uma série de histórias para crianças cuja protagonista é uma Menina toda azul com cabelos dourados quase do tamanho do sol. A esta Menina vão-se juntando os seus amigos, ao longo da série, para viverem com ela as mais irrequietas aventuras.
Em A Menina Azul Quer Voar ficamos a conhecer a Menina, a Valsa - a sua amiga borboleta colorida - e o velho plátano.
Nesta história, a Menina quer voar junto com as águias, porque voar no céu...voar no céu... é não sentir barulho nenhum, nenhum. 'Queria tanto voar como os pássaros -confessou a Menina e pôs-se a cantar muito alto para que os pássaros a ouvissem, mas os pássaros já iam longe, mal se viam no horizonte.'
Nesta história saberemos se a Menina vai poder realizar o seu sonho ou não. Do que temos a certeza, é que as asas da Valsa são muito frágeis e que a borboleta tem de ir para casa sempre que chega o crepúsculo.

















sexta-feira, 27 de março de 2015

Dia Mundial do Teatro

Para assinalar o Dia Mundial do Teatro, instituído em 1962 pela UNESCO, a Biblioteca Municipal, promoveu  para cerca de 50 crianças de dois Pré-escolares do concelho, uma manhã animada com a peça de teatro de fantoches "A cabacinha e o lobo" de Lígia Brazão.

quarta-feira, 11 de março de 2015

Autor: José Rodrigues dos Santos
Título: A chave de Salomão
Editora: Gradiva
Páginas: 622

ISBN: 978-989-616-602-1

Sinopse: O corpo de Frank Bellamy, o director de Tecnologia da CIA, é descoberto no CERN, em Genebra, na altura em que os cientistas procuram o bosão de Higgs, também conhecido por Partícula de Deus. Entre os dedos da vítima é encontrada uma mensagem incriminatória. 

The Key: Tomás Noronha

A mensagem torna Tomás Noronha o principal suspeito do homicídio. Depressa o historiador português se vê na mira da CIA, que lança assassinos no seu encalço, e percebe que, se quiser sobreviver, terá de deslindar o crime e provar a sua inocência. 
Ou morrer a tentar. 
Começa assim uma busca que o conduzirá às mais surpreendentes descobertas científicas alguma vez feitas. 

Será que a alma existe?
O que acontece quando morremos?
O que é a realidade?

Com esta empolgante aventura que arrasta o leitor para o perturbador mundo da consciência e da natureza mais profunda do real, José Rodrigues dos Santos volta a afirmar-se como o grande mestre do mistério. Apesar de ser uma obra de ficção, A Chave de Salomão usa informação científica genuína para desvendar as espantosas ligações entre a mente, a matéria e o enigma da existência.



Autor: Helena Sacadura Cabral
Título: Porque é que as mulheres gostam dos homens
Editora: Guerra e Paz
Páginas: 338
ISBN: 978-989-8010-43-6

Sinopse: Dos aspetos físicos aos comportamentos quotidianos, da atitude até à idade, Helena Sacadura Cabral revela-nos, na primeira pessoa, mas também através da voz de muitas mulheres portuguesas, alguns dos mais bem guardados segredos femininos.
Porque ainda hoje são misteriosos os caminhos que levam uma determinada mulher a interessar-se por um determinado homem. Será apenas uma questão física, ou serão os comportamentos e a comunhão de gostos e interesses que comandam esse mútuo impulso? 
Com a sua experiência de vida e sensibilidade, a autora aponta rotas possíveis para a insondável fórmula da atracção e do amor, numa tentativa de perceber aquilo que as mulheres, especialmente as portuguesas, gostam nos homens. Não esquecendo, aliás, o levantamento sociológico, que a leva a interrogar-se sobre se haverá, de facto, um "novo homem" português, ou sobre se continuará a existir o eterno sonho feminino de uma viagem feita a dois. 
Um livro que vale a pena ler, porque fala de nós, de todos nós, homens e mulheres.



Autor: Luís Mascarenhas Gaivão
Título: História desatinada de Portugal
Editora: Publicações Europa América
Páginas: 103
ISBN: 978-972-1-05948-1

Sinopse: Primeiro foi a História de Portugal em Disparates (com 11 edições); depois foi a Nova e Inédita História de Portugal em Disparates (com 5 edições) e agora, passados mais de 15 anos, chega a História Desatinada de Portugal, uma compilação das mais "brilhantes" respostas de alunos portugueses a exames sobre História de Portugal.
- Sabia que o Império Romano apenas foi conseguido "porque tinha um exército muito católico"?
- Sabia que Maomé "foi o primeiro deus a pregar virado para Meca"?
- Sabia que os colonizadores dos Açores foram "os Alentejanos de Miranda"?
A brincar, a brincar, um livro muito sério…


Autor: Carlos Anjos
Título: Mistério do Meco, crime ou acidente?
Editora: Cofina
Páginas: 223
ISBN: 978-989-8562-14-2

Sinopse: Carlos Anjos, inspetor chefe da Polícia Judiciária em comissão de serviço na presidência da Comissão de Proteção às vítimas de crime e comentador da CMTV, faz um relato rigoroso da tragédia na praia do Meco, há um ano, que tirou a vida a seis jovens universitários e comoveu o País. Um relato sério e desapaixonado, baseado em factos nunca revelados, verdadeiro e dramático. Crime ou acidente? CarlosAnjos analisa os acontecimentos e a investigação da Polícia Judiciária com o rigor meticuloso de um investigador criminal.


Autor: Geronimo Stilton
Título: Dinossaurios em ação
Editora: Planeta Júnior
Páginas: 48
ISBN: 978-989-657-297-6

Sinopse: Mais uma aventura que permite aos mais pequenos perceber as diferentes épocas da História de forma divertida.
Determinados a desembaraçar-se do Professor Volt de uma vez por todas, os Gatos Piratas raptam-no e abandonam-no no Período Cretácico.
De forma a salvar o amigo, Geronimo vai deparar-se frente a frente com dinossáurios e répteis voadores!


Autor: Geronimo Stilton
Título: Toca-a mais uma vez, Mozart!
Editora: Planeta Júnior
Páginas: 48
ISBN: 978-989-657-303-4

Sinopse: O que fará Geronimo Stilton em Milão, em 1770? Veio em auxílio do jovem Wolfgang Amadeus Mozart, o genial compositor, vítima do mais recente e pérfido plano dos Gatos Piratas!
Por entre instrumentos musicais antigos, famílias nobiliárquicas, partituras valiosíssimas e arenques fedorentos, esta nova viagem no tempo irá revelar-se uma aventura inesquecível.